Recently, MMA legends Antonio Rodrigo Nogueira and Antonio Rogerio Nogueira opened a Sao Paulo branch of Team Nogueira.

The twin brothers spoke about the gym, their philosophy on MMA and also their upcoming fights in the UFC.

The MMA Corner’s Aline Baktchejian Djehdian was on hand to speak the fighters. A recap is below.

Below are versions in both English and Portuguese. Click the tab to switch the language.

[tabgroup][tab title=”English”]

The city of São Paulo yesterday inaugurated its first branch of Team Nogueira, located in the south of the capital. The academy’s opening was attended by the Nogueira brothers, Antonio Rodrigo “Minotauro” and Antonio Rogerio “Minotouro.”

“It will be an academy focused on ordinary people, children, women, people who want to train in martial arts, to have a good physical condition, release the stress of everyday life,” said Rafael Spanopoulos, the franchise owner. “We know that Sao Paulo is a huge city, which has a very high demand, so our concern is to have an edge in this market structure.”

Professional athletes have specific times of training, with professionals of MMA, boxing and Muay Thai and other disciplines.

“We should open a gym here in São Paulo, this is the first of three that we inaugurate. São Paulo is a city that has the potential to reveal great athletes,” said Antonio Rodrigo.

When asked by our staff on the growth of the brand Team Nogueira in Brazil and abroad, Minotouro responded, “We grew up with the sport, even before everyone knew what MMA was, when it was only known by fans via pay-per-view and internet at the time of Pride. Now since the coming of the UFC in Brazil, with open channels broadcast, the sport grew. We formed professional athletes such as [Fabio] Maldonado, Anderson Silva, Erick Silva, who passed through our hands. We are proud to make this work in the world of martial arts.”

“We have more than 85 professional athletes, [including those] in the UFC and Bellator. We have sent athletes to Bahia at an event for Team Nogueira,” Nogueira said.

“I invite everybody to come here in the gym. It is wonderful. Come quick as spaces are limited. The academy has a huge mat, teachers who are familiar and knowledgeable in fitness,” said Minotauro.

The Nogueiras also had comments on a number of topics:

The Ultimate Fighter

Minotouro on TUF: “The Brazilian’s heart, fight with heart, guts, these boys will give their lives there.”

Minotauro on TUF: “There are many good people in this next installment of TUF, many people who will give the talk, half of them are super athletes, because having to fight in four months up to four times is not for everyone who trains.”

Thoughts on Thiago Jambo of Team Nogueira, who will be on this next edition of TUF

Minotouro: “Thiago underwent a major selection with over 2000 athletes. Merits for him. For us, [this] is very gratifying.

Minotauro: “Jambo is a healthy boy who has a great desire. Very proud of him being on the show.”

The Nogueiras also took some time to answer questions about their own upcoming fights:

Antonio Rogerio Nogueira

Thoughts on Mauricio “Shogun” Rua?

I am ready for this rematch after eight years. The first fight was elected as one of the best MMA fights of all time. Shogun is a fighter who has been champion of Pride. It is an honor to have this chance. I’ve wanted this fight for a long time. I have two recent wins against Tito Ortiz and Rashad Evans.

I fought against the weight of athletes that motivated me to train harder. For this fight against Shogun, I train a lot, it’s kill or be killed, I will give my best to be 100 percent trained and focused.

How is your camp?

I brought people out in the last camp, and for that I will do even better because I’m getting closer to a possible fight for the belt.

Do you believe that the physical preparation will make a difference in the fight against Shogun?

It is not the better athlete, but the best trained. I showed that I was better trained against Rashad. I prefer to always be right. You cannot say that the physical part will make a difference. The team behind the good fighter is what makes the difference. Some have hours of practice, it helps to stay focused. Shogun is a complete guy, who kicks a lot, he is a black belt in jiu-jitsu. I intend to use every weapon he has against him. I will not focus only on my boxing. This fight requires a very tactical approach.

What do you think of this wave of layoffs in the UFC?

That’s part of the sport. What matters is the result, the athlete’s lives by the result. If you have a good performance, you manage to stay in the organization. In the world, there are 20,000 good athletes wanting to get into the UFC. You have to learn to absorb this pressure. If you lose two fights in a row, or three, you’re out.

Antonio Rodrigo Nogueira

Did you expect so many people at the inauguration?

We hoped so. We had a pre-registration campaign and there were 2,600 people who signed up on Facebook. We know that the place will not accommodate such people, so in the future we will open two more branches. The SP Team Nogueira is not only for professionals, but also for women and children, the general public who enjoy the sport.

How do you see the growth of the brand Team Nogueira in Brazil and around the world?

I’m super happy. It took years of work. I taught from the age of 16, then opened two academies in Florida. My mother has a gym, and this environment is a mirror of what is happening in the country with the coming of the UFC, which helped much to popularize the sport in the country.

How is your camp going for the fight against Fabricio Werdum?

We are very focused, bringing top athletes from outside Brazil to help. Not only to help me, but also to help my brother, who has a scheduled fight against Shogun in Canada.

With the narrowing of contenders in the weight class, would you consider fighting Junior dos Santos for the belt?

I will not fight with him. I really want to fight for the belt. I have this desire to fight, but if I have this opportunity to fight for the belt, it would certainly be with other opponents.

[/tab][tab title=”Portuguese”]

A cidade de São Paulo inaugurou ontem sua primeira filial da Tem Nogueira, localizada na região sul da capital, contou com a presença dos irmãos Minotouro e Minotauro.

“Será uma academia focada em pessoas comuns, crianças, mulheres pessoas que querem treinar artes marciais, para terem um bom condicionamento físico, liberar o stress do dia a dia” disse Rafael Spanopoulos dono da franquia. Sabemos que São Paulo é uma grande cidade, que tem um público bastante exigente, por isso nossa preocupação em ter uma estrutura de ponta nesse mercado”.

Os atletas profissionais terão horários específicos de treino, contando com profissionais da área de MMA, boxe e Muay Thai e outras modalidades.

“Estávamos devendo abrir uma academia aqui em São Paulo, essa é a primeira de três que vamos inaugurar, São Paulo é uma cidade que tem potencial para revelar grandes atletas.” disse Minotauro.

Quando perguntado pela nossa equipe sobre o crescimento da marca Team Nogueira no Brasil e exterior Minotouro  falou “ Nós crescemos junto com o esporte, antes nem todos sabiam o que era MMA, só era conhecido por fãs através de pay per view e internet na época do Pride, agora desde a vinda do UFC no Brasil, com transmissões de canais abertos o esporte cresceu, formamos  atletas profissionais como Maldonado, Anderson Silva, Erick Silva , que passaram pelas nossas mãos, temos muito orgulho de fazer esse trabalho no mundo das artes marciais”.

“ Temos mais de 85 atletas profissionais, sendo empresariados pela gente, não só em organizações do UFC mais também no Bellator, mandamos atletas para Bahia em um evento pela  Team Nogueira estamos colhendo os grandes campeões, é da base que você forma atletas de ponta” disse Minotouro.

“Convido a galera pra vir aqui na academia conhecer, está maravilhosa, venham rápido pois as vagas vão acabar,a academia conta com um tatame enorme , professores de ponta é uma academia bem familiar, venham conhecer” disse Minotauro

TUF

Minotouro sobre o TUF: “Nesse TUF teremos guerreiros, o brasileiro é coração, luta com o coração, com garra, esses garotos vão dar a vida lá dentro”.

Minotauro sobre o TUF:” Tem muita gente boa nessa próxima edição do TUF, muita gente que vai dar o que falar, a metade deles são super atletas, pois ter que lutar em 4 meses  até quatro vezes não é  para todo mundo que treina não”.

O atleta Thiago Jambo da Team Nogueira estará nessa próxima edição no TUF, o que acharam?

Minotouro:” O Thiago passou por uma grande seletiva com mais de 2000 atletas por méritos dele, para nós é bem gratificante.

Minotauro:” O Jambo é um garoto saudável que tem muita vontade de aprender.Estou muito orgulhoso dele estar no programa”.

Perguntas para Minotouro

Próximos Combates

Minotouro sobre Shogun: “ To me preparando para essa revanche depois de 8 anos, o primeiro combate foi eleito como uma das melhores lutas de MMA de todos os tempos, o Shogun é um lutador que já foi campeão  do Pride, é uma honra ter essa chance. Estou querendo essa luta por um bom tempo, venho de duas vitórias, contra o Tito Ortiz e depois contra o Rashad Evans.

Lutei contra atletas de peso o que me motivou a treinar mais. Para esse combate contra o Shogun, vou treinar bastante, é matar ou morrer, vou dar o meu melhor estar 100% treinado e focado.

Como está o seu camp?

Trouxe gente de fora no último camp e para esse vou fazer ainda melhor, pois estou cada vez mais perto de um possível combate pelo cinturão.

Acredita que a preparação física fará a diferença para a luta contra o Shogun?

Não existe um atleta melhor que ou outro e sim o melhor treinado , mostrei que estava melhor treinado contra o Rashad, prefiro sempre estar bem, não dá pra falar que a parte física fará a diferença. A equipe boa por trás do lutador é que faz a diferença, ter horas certas de treinos, isso ajuda a manter o foco. O Shogun é um cara completo, que chuta bastante,é faixa preta de jj, pretendo usar todas as armas que ele tem contra ele mesmo, não vou pensar só no meu boxe, essa luta requer bastante a parte tática.

Como vê essa onde de demissões no UFC?

Isso faz parte do esporte o que importa é o resultado, o atleta vive do resultado, se tiver um bom desempenho consegue se manter na organização, no mundo existe uns 20,000 atletas bons querendo entrar no UFC, tem que aprender a absorver essa pressão. Se perder duas lutas seguidas ou três está fora, isso faz parte.

Perguntas para Minotauro

Esperava tanta gente na inauguração?

Esperávamos sim, fizemos uma campanha de pré matricula, foram 2.600 pessoas que se inscreveram no facebook , sabemos que o lugar não vai comportar tanta gente por isso futuramente iremos abrir  mais duas filiais. A Team Nogueira SP,não é só para profissionais mas também para  crianças e mulheres, o público em geral que curte o esporte.

Como vê o crescimento da marca Team Nogueira no Brasil e ao redor do mundo?

Fico super feliz é um trabalho de anos, dou aula desde os 16 anos de idade, depois abrimos duas academias na Flórida, minha mãe tem academia e fomos criados nesse ambiente, é um espelho do que esta acontecendo no país com a vinda do UFC,  ajudou muito a popularizar o esporte no país.

Como está seu camp para a luta contra o Werdum?

Estamos muito focados, trazendo atletas de ponta de fora do Brasil para ajudar, não só a mim como também ao meu irmão que tem luta marcada contra o Shogun no Canadá.

Com o afunilamento da categoria, poderá encontrar Cigano como oponente pela disputa do cinturão, o que pensa disso?

Com ele não vou lutar, farei minha parte quero muito o cinturão mais contra o Cigano eu não tenho essa vontade de realizar um combate, mas se eu tiver essa oportunidade de lutar pelo cinturão com outros adversários com certeza.

Convido a galera pra vir aqui na academia conhecer, está maravilhosa, venham rápido pois as vagas vão acabar,a academia conta com um tatame enorme , professores de ponta é uma academia bem familiar, venham conhecer.

[/tab][/tabgroup]

Photo: Antonio Rodrigo Nogueira (Marcio Marum)

About The Author

Aline Bak
Staff Writer, Brazil

A native of São Paulo, Brazil, Aline began watching MMA with her father during the heyday of Pride in the early 2000's. Her passion for the sport soon turned to the UFC not long after. After attending UFC 134 in Rio de Janeiro and UFC 146 in Las Vegas, Aline was asked to recount her experience for Tatame—one of Brazil's biggest media outlets—and thus began her writing career. In addition to her work for The MMA Corner, she maintains her own site about MMA.