On Saturday, March 15, Xtreme Fighting Championships hosted its second international card from Sao Paulo, Brazil. The event aired live on RedeTV!, as well as online.

The MMA Corner’s Brazilian partner, Olhar do fã no MMA, was on hand for the action. See below for full results in English and a Portuguese recap courtesy of Karol Ribeiro.

FULL RESULTS
Flavio Alvaro def. Adson Lira by unanimous decision
Kalindra Faria def. Aline Serio by unanimous decision
Pedro Junior def. Erick Montaño by submission (arm-triangle choke). Round 2 – welterweight tournament quarterfinal
Bruno Cannetti def. Luan Gazetta by unanimous decision – featherweight tournament quarterfinal
Cairo Rocha def. Maurilio Alava by knockout. Round 1 – welterweight tournament quarterfinal
Felipe Douglas def. Rodolfo Rubio by split decision – featherweight tournament quarterfinal
Will Galvao def. Elton Brown by submission. Round 1 – welterweight tournament quarterfinal
Alejandro Villalobos def. Missael Silva by TKO (strikes). Round 2 – featherweight tournament quarterfinal
Kevin Medinilla def. Alessandro Gambulino by unanimous decision – welterweight tournament quarterfinal
Alex Kaspary def. César Balanta by submission (guillotine choke). Round 3 – featherweight tournament quarterfinal
Paulo Cesar dos Santos def. Sergio Carlos Junior by submission (triangle choke). Round 1
Luiz André Siqueira def. Daniel Abelha by submission (triangle choke). Round 1

Portuguese

Na segunda edição do XFC (Xtreme Fighting Championships) em solo tupiniquim, brasileiros se enfrentaram nas lutas principais da noite. Kalindra Faria e Flávio Álvaro levaram a melhor, ambos vencendo seus respectivos combates por decisão unânime dos jurados.

Marcada por revanche, o duelo feminino entre a paulista Kalindra Faria vs. Aline Serio somou outra vitória para Kalindra. Estreando na categoria Peso Palha (Até 52kg.), a paulista perdeu mais de 10 quilos em sua preparação para o combate. Ambas oriundas da trocação, as duas mantiveram o duelo equilibrado, mas Kalindra somou vantagem nos três assaltos, principalmente no segundo round quando quase finalizou a oponente com mata leão. Ao final de quinze minutos, Kalindra foi declarada vencedora por decisão unânime dos jurados e manteve sua invencibilidade desde 2011. Após a luta, ambas brasileiras tiveram fraturas: Aline Serio foi encaminhada ao hospital com fratura no dedo indicador da mão direita e Kalindra teve seu braço imobilizado com suspeita de lesão óssea.

O veterano Flávio “The Legendary” Álvaro somou sua 56° vitória no MMA após vencer o oponente Adson Lira “Preguiça” por decisão unânime dos árbitros laterais. O atleta perdeu a mãe há seis meses e dedicou a vitória à matriarca, ressaltando a tatuagem em formato de lágrima que fez no rosto em sua homenagem. “Eu já lutei em muitos eventos diferentes, mas o XFC foi uma surpresa excelente. A estrutura, organização e bastidores deste evento são ótimos e, em minha opinião, só perde hoje para o UFC”, disse em exclusiva.

Flavio Álvaro que assinou apenas o contrato de uma luta no XFC, adiantou que a organização já fez proposta para ele entrar no GP de sua categoria e assinar por seis lutas. “Antes mesmo de ganhar este duelo à organização já havia entrado em contato comigo para fechar por um ano. Eu gosto de fazer várias lutas ao longo do ano, não gosto de me prender a nenhuma organização. Estou avaliando a proposta, se eles fecharem várias lutas em pouco tempo e eu achar válido, com certeza entrarei para a equipe de atletas”, finalizou.

About The Author

Aline Bak
Staff Writer, Brazil

A native of São Paulo, Brazil, Aline began watching MMA with her father during the heyday of Pride in the early 2000's. Her passion for the sport soon turned to the UFC not long after. After attending UFC 134 in Rio de Janeiro and UFC 146 in Las Vegas, Aline was asked to recount her experience for Tatame—one of Brazil's biggest media outlets—and thus began her writing career. In addition to her work for The MMA Corner, she maintains her own site about MMA.

  • Bryan Henderson

    test